VARAL DO LIVRO

VARAL ESTENDIDO!

 

O livro está para todo leitor e para todo escritor como o alimento está para aquele que tem fome e sede: ele sacia.

Também é o livro a chave que abre portas antes talvez nem sequer imaginadas. Através de personagens, de palavras, viajamos e conhecemos mundos inteiros tanto quanto nos atualizamos sobre o mundo em que vivemos.

O livro, já há tanto tempo companheiro de jornada em minha vida, me fez ser quem eu sou. E por isto que fosse apenas, eu já lhe seria agradecida pois me considero uma pessoa feliz. Mas os livros fizeram mais por mim: me levaram para perto de pessoas maravilhosas que leem e escrevem. Pessoas estas que têm feito parte do Varal há quase três anos circulando pelo vasto mundo virtual.

Conheço uma expressão que é “rato de biblioteca”. E quando penso nesta expressão duas pessoas em particular vêm à minha cabeça e coração: minha mãe, que lia tudo o que caía em suas mãos, de revistas à livros que incansavelmente ela devorava! E minha amiga de infância, Marilene Remor Mattar, por muitos anos dedicada funcionária e diretora da Biblioteca Pública da cidade de Laguna, Santa Catarina.  E é graças a ela, posso dizer com orgulho, que aquele recinto dedicado aos livros e aos leitores funcionou tão bem durante tantos anos. Marilene lutou contra monstros, moinhos de vento e ideologias para manter aberta a “sua” amada biblioteca.

Hoje chegaram também os livros eletrônicos. Não os menosprezemos, eles já estão presentes e estão conseguindo um lugar pela internet e nas “estantes” virtuais dos internautas. É o futuro coabitando com aquele que sempre, ou desde tanto tempo que quase sempre, existiu.

Ficaríamos aqui  a falar de livros, de sua origem, de seus objetivos, do que eles proporcionam e aqui teríamos não uma revista, mas um “livro”. Ou talvez mais de um, talvez mesmo vários volumes, pois que o assunto é vasto, caloroso, desperta paixões e discussões amistosas.

Deixemos quem aceitou o convite com a palavra. Falemos de livro!

Leave a Reply